Watts ou lúmens: o que devo considerar na hora de comprar uma luminária?

Watts ou lúmens: o que devo considerar na hora de comprar uma luminária?

Watts-ou-Lúmens

Na hora de fazer um projeto luminotécnico e pensar na decoração de um ambiente, a escolha da iluminação ideal é fundamental para criar um espaço agradável, funcional e econômico. Porém, ainda restam muitas dúvidas quando falamos em termos técnicos, como watts e lúmens, e qual a sua real função em um projeto.

Já podemos afirmar que as duas funções são importantes e devem ser analisadas antes da escolha da luminária ideal. Isso porque os dois critérios são extremamente relevantes para determinar a quantidade de luz que será emitida pela luminária, e claro, a capacidade de consumo também. 

E qual a diferença?

O lúmen é a quantidade de luz emitida por uma lâmpada em todas as direções, também chamada de fluxo luminoso, ou seja, o quanto uma luminária ilumina um ambiente. Quanto maior esse número, mais luz a luminária emite.

Já Watt, mais conhecido como potência, diz respeito ao consumo de energia, mas não tem nada a ver com a emissão de luz, e sim com o gasto de energia que a luminária terá.

A unidade que mede o quão eficaz é a luminária é o lm/w (lúmens por watt). É por meio desse dado que você saberá quantos lúmens são produzidos por um determinado modelo a cada watt que ele consome, podendo ser um parâmetros de comparação entre luminárias e fator decisivo da escolha para um determinado fabricante..

Pensando em eficiência energética, não simplesmente por ser LED trata-se da maior eficiência possível. O consumidor deve ser atentar que uma boa luminária emitirá mais luz e consumirá pouca energia, porque, na verdade, o que eles querem comprar não é consumo de energia e sim iluminação.

Qual a melhor escolha?

Não basta escolher apenas uma luminária que possui a maior quantidade de lúmens, você precisa saber qual é a área que deseja iluminar, o grau de refletividade dos materiais existentes nesta área, a cor predominante deste espaço e só assim definir a quantidade de luminosidade (lúmens) que ela precisa. Assim, com o suporte técnico do fabricante, você saberá se a luminária que está adquirindo realmente terá capacidade de iluminar o ambiente da melhor maneira possível.

Compartilhar: